quinta-feira, 27 de abril de 2017

O impacto ambiental causado pelos plásticos não-biodegradáveis

Retos de comida, com o passar dos dias, mudam de aspectos e passam a exalar mau cheiro. Os responsáveis por isso são os microrganismos que provocam a decomposição dos alimentos. Dizemos que os alimentos são biodegradáveis, ou seja, podem ser decompostos por microrganismos.
Os plásticos, ao contrário, em geral não são biodegradáveis.
Será preciso tanta durabilidade? Pense em um copinho descartável de café. Seu uso dura cerca de um minutinho. Depois disso ele é jogado fora e vai permanecer muito tempo assim, ocupando espaço no lixo.


Se um anel de plástico jogado ao mar enroscar em um leão-marinho, uma foca, em peixe ou uma ave, eles terão dificuldade para retirá-los. Uma foca cujo focinho esteja preso por um rótulo plástico de refrigerante pode, por exemplo, morrer por falta de ar. Uma ave com o bico preso não pode comer e, certamente, também morrerá. Esse é um dos muitos problemas relacionados aos plásticos e ao fato de as pessoas jogarem lixo nas praias e em outros ambientes naturais.



Atualmente, a grande crítica que se faz aos plásticos é: eles são biodegradáveis?

Existe a preocupação de pesquisar plásticos biodegradáveis e alguns resultados promissores têm sido obtidos.


Vejamos abaixo, uma lista de materiais e o tempo que leva para que eles sejam decompostos:

Fonte de tabela: Mendonça, R. Como cuidar do seu meio ambiente. São Paulo: Bei comunicação, 2002. P. 220.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

@ Para dúvidas e/ou sugestões envie-nos um e-mail;
@ Divulgue seu blog no Educadores Multiplicadores
@ Seus comentários são reagentes para as nossas postagens!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...