sábado, 24 de novembro de 2012

Propriedades da Matéria: Propriedades Gerais, Funcionais e Específicas das Substâncias

Blog Marquecomx
O conhecimento adquirido pela humanidade, sobre a Química, é fruto de muitos estudos e repetidos experimentos. As realizações de práticas numa indústria são essenciais para um bom desenvolvimento na linha de produção de um determinado produto, bem como, demonstrações de práticas por educadores enriquece uma apresentação de um conteúdo tornando o mesmo mais fácil para o alunado entender, pois quando o conteúdo é explicado com auxílio de um experimento, a aula se torna mais prazerosa despertando o interesse dos estudantes por tal assunto.

.

Para que os processos industriais ocorram tudo na mais perfeita ordem é necessário que os químicos investiguem sobre as propriedades das substâncias que irão ser manipuladas durante as reações químicas. Haja vista, caso não saiba as características de tais substâncias; os processos industriais podem dar errados e gerar um enorme prejuízo de materiais, recursos financeiros e de tempo. Assim sendo, é de suma importância que os químicos e profissionais da área conheçam as propriedades das substâncias.

Para uma melhor compreensão das propriedades das substâncias, podemos dividir em três tipos: Propriedades Gerais, Propriedades Funcionais e Propriedades Específicas. Vejamos as explicações:

                       Blog Marquecomx

Propriedades Gerais da matéria são aquelas apresentadas por todas as substâncias; independentemente de seu estado de agregação, de composição, etc. Ou seja, todas as substâncias possuem características comuns como massa, extensão, impenetrabilidade e compressibilidade.

Massa: todas as substâncias possuem massa. Podemos medir a massa de sólidos, líquidos e gases em uma balança.

Exemplo: podemos saber a massa de uma molécula de água, ou de uma bexiga com ar, etc. Medir a massa de sólidos, líquidos e gases

Extensão: toda substância possui volume.

Exemplo: podemos medir o espaço ocupado por qualquer corpo.

Impenetrabilidade: resulta que dois corpos não podem ocupar simultaneamente o mesmo lugar no espaço.

Exemplo: para que um objeto qualquer seja colocado dentro de um copo "vazio", é necessário que o ar antes existente dentro do copo seja expulso. Ou ainda, imaginemos um copo cheio de água e a este copo adicionar um objeto qualquer, certamente ocorrerá o transbordamento do líquido.

Compressibilidade: ato de diminuir o volume por meio de aumento de pressão. Vista menos nos sólidos e líquidos.

Exemplo: podemos comprimir uma grande quantidade de gás metano num isqueiro, ou o ar para enchermos o pneu, ou ainda quando acionamos o freio de um carro, a pressão exercida sobre o pedal é transmitida, integralmente, pelo fluído (líquido) do freio, para as rodas do carro, etc.

Propriedades Funcionais da matéria são aquelas apresentas por grupos de substâncias. Ou ainda, é um conjunto de substâncias com propriedades químicas semelhantes. Como por exemplo, as substâncias químicas podem ser divididas em quatro grandes grupos: ácidos, bases, sais e óxidos. Todos os grupos com propriedades próprias e bem definidas.

Ácidos são compostos que em solução aquosa (em água) se ionizam, produzindo como íon positivo apenas cátion hidrogênio, H+.

HCl    +   H2O   →   H+   +   Cl-

Exemplo: ácido clorídrico diluído, HCl, (ácido muriático) usado como material de limpeza doméstica, ácido nítrico, HNO3, usado na produção de explosivos, de corante e medicamentos, etc.

Bases ou hidróxidos são compostos que, por dissociação iônica, liberam, como íon negativo a ânion hidróxido, OH-.

NaOH     →    Na   +   OH-

Exemplo: o hidróxido de sódio, NaOH, encontrado na soda cáustica usada na fabricação de sabão, o hidróxido de cálcio,Ca(OH)2, usado na fabricação da argamassa na construção civil.

Sais compostos iônicos que possuem, pelo menos, um cátion diferente de H+ e um ânion diferente do OH-.

HCl    +   NaOH    →    NaCl     +    H2O

Exemplo: o sal cloreto de sódio, NaCl, usado na alimentação, o carbonato de cálcio, CaCO3, usado na produção de cal e cimento, etc.

Óxidos são compostos binários do oxigênio com qualquer elemento químico, exceto o flúor, pois este é mais eletronegativo que o oxigênio.

Exemplo: o óxido de zinco, ZnO, é usado na pintura do rosto dos palhaços de circo, o dióxido de carbono, CO2, conhecido como gás carbônico, é produzido durantes as queimas ou combustão nos veículos.

Propriedades Específicas da matéria são aquelas representadas por cada substância pura individualmente. Essas propriedades se dividem em físicas, químicas e organolépticas.

Propriedades Físicas: remetem as medidas físicas e aos fenômenos físicos, como por exemplo, a temperatura de ebulição, a sua densidade, ao calor específico da substância, etc.

Exemplo: quando a água é evaporada, resfriamento do picolé, etc.

Propriedades Químicas: remetem aos fenômenos químicos (reações químicas), como por exemplo, ocorre na combustão do carvão, no ferro enferrujado, na mudança de coloração, etc.

Exemplo: podemos saber se uma reação ocorreu através de algumas evidências, como a mudança de cor da substância, pela liberação de calor, pela formação do precipitado. Saiba mais neste outro texto.

Propriedades Organolépticas: são aquelas que impressionam nossos sentidos, como por exemplo, a cor, o brilho, o odor, o sabor, etc.

Exemplo: podemos diferenciar um metal pelo seu brilho; descobrir qual perfume através da fragrância; ou descobrir uma fruta pelo seu sabor, etc.

Então, como foi dito acima, é preciso que os químicos conheçam as propriedades gerais, funcionais e especificas das substâncias para um melhor aprendizado e para executar práticas seguras que visem economizar recursos e tempo.



Com isso, espero que você tenha compreendido o descrito neste texto, que de alguma forma tenha gerado mais ganho de conhecimento para seus estudos, bem como para sua vida.

5 comentários:

  1. olá, eu vim te desejo uma boa semana.abraços.

    ResponderExcluir
  2. A cada postagem é um Universo de descobertas. Parabéns Irivan. Continuarei apreciando cada post. Valeu, fique com Deus.
    Leandro Claudir Pedroso

    ResponderExcluir
  3. Eduardo/Hedyuardyo
    he=hélio
    dy=disprósio
    u=urânio
    ar=argônio
    dy=disprôsio
    o=oxigênio

    1° H

    ResponderExcluir
  4. Cada portagem e uma nova descoberta
    Valeu as suas postagens te me ajudado muito

    ResponderExcluir

@ Para dúvidas e/ou sugestões envie-nos um e-mail;

@ Seus comentários são reagentes para as nossas postagens!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...