quinta-feira, 7 de junho de 2012

O combustível que alimenta o fogão da cozinha é gás ou é líquido?

Olá querido(a) leitor(a), no texto de hoje vou explicar uma curiosidade a respeito do gás de cozinha ou seria líquido de cozinha? 

Quando o combustível que alimenta o fogo de seu fogão se acaba, você liga para à empresa e pede gás ou pede líquido? Talvez você não esteja entendendo nada até agora. Vou explicar a situação: Quando o gás de cozinha se acaba, rapidamente ligamos para a empresa para que ela venha deixar um botijão de gás, certo?


Eu diria que mais ou menos. Se você observar ou melhor se você balançar o botijão de “gás” perceberá alguma coisa se balançar dentro do botijão, como se fosse um líquido. Deixe agora a leitura, vá ao seu botijão de “gás” e verifique o que eu estou dizendo e volte, é claro, para a leitura.

Leia também:
Airbag: o nitrogênio salvando vidas
Não deixe de ler. Você vai conseguir
Latas inteligentes: esfriam e esquentam
Banho-maria: o café da manhã requentado
Sacolas retornáveis, atitudes que dão certo!
Crie os mais diversos objetos de garrafas pet

Afinal, por que quando balançamos o botijão de gás a sensação é de ter líquido lá dentro. Não compramos gás? E por que trouxeram líquido?

Bem, vamos a simples explicação para o ocorrido:

É que, o gás de cozinha (mistura dos gases propano + butano), por serem gases, suas moléculas estão muito distantes umas das outras. Assim seria necessário um botijão enorme para comportar tanto gás, sem esquecer talvez do principal, à pressão.

Na industria uma grande quantidade de gás de cozinha é injetado dentro deste recipiente (o botijão) que tem um espaço pequeno em relação ao grande volume de gás, que é introduzido lá dentro. As moléculas que antes estavam muito distantes umas das outras (a principal característica que determina a matéria ser classificada como gás, é a distancia entre os átomos e moléculas), ocupando um grande volume. Porém quando esta mesma quantidade é adicionada dentro do botijão que tem um espaço pequeno, as moléculas dos gases são forçadas a ficarem próximas umas das outras (a proximidade das moléculas torna este gás um líquido).

Entenda, quanto mais distante uma molécula estiver umas das outras mais esta substância tenderá a ser uma gás, ou quanto mais próximas as moléculas estiverem umas das outras mais esta substância tenderá a ser um líquido e depois um sólido.

Logo dentro do botijão tem líquido e gás sobre uma enorme pressão, quando abrimos o registro, a pressão de dentre do botijão diminui se igualando com a de fora, passando a ser um único sistema. Como por natureza, a temperatura ambiente, o que esta lá dentro é um gás, sairá gás. Quando fechamos o registro passamos a ter dois sistemas, o externo e o interno ao botijão, a pressão dentro é bem maior que fora, deixando mais uma vez as moléculas muito próximas umas das outras.

Agora querido (a) leitor(a), você está sabendo que na verdade o gás de cozinha (propano + butano) que comprou é um gás, porém chega até nós na forma de líquido, devido o pequeno volume e a alta pressão dentro do botijão.

3 comentários:

  1. Olá!
    Legal, como eu não lembro quase nada de química, foi uma aula e tanto. Nem chego perto do botijão, balançar então, nem pensar
    Obrigada pela aula
    Abraço
    Lua Singular e Mundo dos Inocentes

    ResponderExcluir
  2. Adorei este post. Muito didático!

    ResponderExcluir
  3. Boa noite derramou um pouco desse líquido ao vira a botija com a mangueira,e não passa o redor e parece que estar vazando gás sendo que o registro estar fechado me ajudem o que fazer

    ResponderExcluir

@ Para dúvidas e/ou sugestões envie-nos um e-mail;
@ Divulgue seu blog no Educadores Multiplicadores
@ Seus comentários são reagentes para as nossas postagens!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...